Siga nossa Redes

Esportes

Com reservas, Corinthians bate Ituano e volta a vencer após dois tropeços no Paulistão

Redação SP

Publicado

em

Com reservas, Corinthians bate Ituano e volta a vencer após dois tropeços no Paulistão

Otero e Jô fazem os gols em partida com lance revisado pelo VAR por oito minutos

Resumão

 

O Corinthians voltou a vencer depois de dois tropeços no Campeonato Paulista. Na noite deste domingo, o Timão usou reservas e, sem grandes dificuldades, bateu o Ituano por 2 a 0 na Neo Química Arena. Otero e Jô, um em cada tempo, fizeram os gols da vitória. A equipe de Itu poderia ter descontado em pênalti, mas o lance foi anulado depois de oito minutos de revisão no VAR.

 

Na tabela

 

Com a vitória, o Corinthians subiu para 18 pontos, na liderança folgada do Grupo A do Paulistão, 12 à frente de Santo André e Botafogo-SP. O Ituano, com sete, segue na lanterna do Grupo C. Clique aqui e veja a tabela do Paulistão.

 

Próximos jogos

 

O Corinthians volta a campo na quinta-feira, em Assunção, contra o River Plate-PAR, pela Copa Sul-Americana. No Paulistão, o próximo jogo é o clássico contra o Santos, domingo, na Vila Belmiro. No mesmo dia, o Ituano recebe o São Paulo.

 

Primeiro tempo

 

Escalado com apenas Cássio dos titulares absolutos, o Corinthians começou o jogo melhor, teve o controle da posse, ocupou o campo ofensivo e tentou abrir o placar. A melhor chance nos primeiros minutos foi de Otero – e sem querer. Em tentativa de cruzamento, ele encobriu o goleiro Edson e quase marcou. O Ituano tentou reagir em contra-ataques, geralmente apostando em Branquinho, mas sem grande efetividade. Quem parecia mais perto do gol continuava sendo o Corinthians, como mostrou Jô aos 17, quando recebeu de Lucas Piton e, deitado, mandou na trave. Léo Natel, aos 21, chutou com muito perigo, rente à trave. Aos 28, o atacante teve outra ótima chance, em lindo passe de Luan, mas errou a finalização – e teve assinalado impedimento. Mas a melhor oportunidade estava por vir. Aos 37, Jô fez o pivô para Camacho, que recebeu de frente para o gol e mandou por cima. O Ituano, em contrapartida, passou o período inteiro com dificuldades para atacar. Bruno Lopes, quase no fim da etapa, mandou chute torto, sem perigo. O time do interior acabou punido no último lance antes do intervalo. O Corinthians tramou boa jogada ofensiva, João Victor cruzou, e Otero surgiu na área para cabecear e fazer 1 a 0.

 

Otero e Luan comemoram gol do Corinthians contra o Ituano

Otero e Luan comemoram gol do Corinthians contra o Ituano (Foto: Rodrigo Corsi/Paulistão)

Segundo tempo

 

O Ituano tentou ser mais dominante no segundo tempo. Ficou mais com a bola, mas encontrou um adversário bem postado defensivamente. Sem correr grandes riscos, o Corinthians apostou na distribuição de jogadas pelo chão, em geral buscando Luan, para tentar ampliar o marcador. E aí as chances foram aparecendo aos poucos. Na primeira, Léo Natel roubou a bola, mandou o cruzamento e viu Xavier ser travado. Logo depois, Camacho recebeu na direita e acionou Jô, que desviou para o gol: 2 a 0. O Ituano poderia ter renascido logo depois, em pênalti a seu favor, mas o lance foi revisado (depois de oito minutos) e anulado. A frustração esmoreceu de vez o time de Itu, que não teve forças para buscar o gol. O Corinthians administrou o fim do jogo, que foi até os 57 minutos no segundo tempo.

 

Jô comemora gol Corinthians contra o Ituano

Jô comemora gol Corinthians contra o Ituano (Foto: Rodrigo Coca / Ag Corinthians)

 

Uma eternidade

 

O Ituano teve um pênalti marcado a seu favor aos 22 minutos do segundo tempo. Mas levou oito minutos para saber se poderia bater. Aos 27, o VAR recomendou a revisão à árbitra Edina Alves Batista. E só aos 30 ela concluiu que não houve pênalti do zagueiro Jemerson.

VAR revisa lance de pênalti durante oito minutos no 2º tempo de Corinthians x Ituano

VAR revisa lance de pênalti durante oito minutos no 2º tempo de Corinthians x Ituano

.

.

.

Fonte: GE – Globo Esporte.

mais lidas