Siga nossa Redes

Sem categoria

Com novo parque aquático, Olímpia fortalece roteiro de águas termais no interior paulista

Redação

Publicado

em

Com novo parque aquático, Olímpia fortalece roteiro de águas termais no interior paulista

Hot Beach chega à cidade e tira supremacia do Thermas dos Laranjais.

Oficialmente inaugurado na última quarta-feira (28), o parque aquático Hot Beach chega a Olímpia, a 430 quilômetros de São Paulo, para consolidar o roteiro turístico de águas termais no interior paulista. Apesar de a direção do empreendimento enfatizar que o Hot Beach não concorre com o veterano Thermas dos Laranjais, o novo parque quebra a hegemonia do vizinho na cidade.

Recentemente o G1 fez reportagem sobre o cenário dos parques de diversão no Brasil e destacou que os parques aquáticos lideram essa indústria no país, com ao menos oito inaugurações nos últimos quatro anos. Confira as reportagens sobre 14 parques em sete estados e no DF.

Entre as cidades do Estado que possuem águas termais estão Águas de Lindóia, Águas de São Pedro e Águas de Santa Bárbara. Na região noroeste paulista há água subterrânea aquecida em alguns municípios, mas apenas Olímpia, com aproximadamente 50 mil habitantes, conta com dois parques aquáticos. Um deles, o Thermas dos Laranjais, é o 4º maior parque aquático do mundo.

Segundo o diretor executivo do Hot Beach, Sérgio Ney Garcia Padilha, um dos objetivos do novo empreendimento é somar mais um milhão de turistas aos dois milhões que já frequentam a cidade anualmente.

“O Thermas é inalcançável como concorrência. Temos um conceito diferente. O Grupo Ferrasa se uniu ao Thermas e juntos fazemos ações estratégicas e mercadológicas para o destino Olímpia. Não queremos dividir, mas somar turistas à cidade”, afirma.

O diretor de operações, entretenimento e marketing do Hot Beach, Manoel Carlos Cardoso, afirma que a empresa vem complementar e fortalecer Olímpia como destino de viagens para a família.

“Não fazemos menção ao Thermas como concorrente, já que ele é o quarto parque mais visitado do mundo e projeta Olímpia. O Hot Beach vem para consolidar a cidade como um dos melhores destinos do Brasil para se viajar com a família”, diz.

Cardoso ressalta que ir a Olímpia se torna ainda mais interessante porque muitas famílias podem viajar de carro. “Nossa proposta é que a família venha passear, seja em um fim de semana, uma semana ou em um plano de férias. Só a possibilidade da família com quatro pessoas, por exemplo, entrar em um carro e vir, sem ter de pegar avião, já faz com que economize cerca de R$ 3 mil. Isso é preponderante para o negócio”, afirma.

Uma das atrações do parque é uma torre de toboáguas (Foto: Divulgação)

Uma das atrações do parque é uma torre de toboáguas (Foto: Divulgação)

Um dos diferenciais do Hot Beach, segundo Padilha, é que este é o primeiro parque aquático do Brasil com controle computadorizado da qualidade da água das piscinas e inicia a operação com pulseira para pagamento de consumo com tecnologia de aproximação, além de ter o primeiro restaurante no Brasil com capacidade para 900 pessoas em ambiente totalmente climatizado.

De acordo com ele, o que mantém e sustenta o turismo em Olímpia é o tripé formado por hotelaria, entretenimento e água quente. “Tudo o que existe em Olímpia depende da água termal, após isso o entretenimento, seguido pela hotelaria. Seguimos esta cartilha e tem dado certo. Acredito que esta deve ser a tônica dos empresários de Olímpia ou daqueles que queiram investir na cidade”, afirma.

Foram investidos R$ 100 milhões para pesquisa, áreas, projetos, equipamentos e obras na construção do complexo, que levou três anos e quatro meses para ficar pronto e conta com 32 atrações e acomodações hoteleiras. A direção classifica as atrações em modalidades suaves, moderadas e radicais para todas as idades e gostos. A temperatura média da água é de 32°C.

Uma das atrações é brinquedo que simula pista de skate (Foto: Renata Fernandes/G1)

Uma das atrações é brinquedo que simula pista de skate (Foto: Renata Fernandes/G1)

Outro atrativo é o local que simula uma praia com ondas, areia e centenas de coqueiros. São 14 diferentes tipos de ondas. Há ainda um rio, em que os turistas entram em uma boia e podem descer pela correnteza da água.

Cardoso diz que uma das grandes preocupações do parque é com a segurança. “Prezamos a segurança no sentido mais amplo da palavra. Temos, por exemplo, mais de 30 guarda-vidas em todas as atrações aquáticas e seguimos padrões internacionais empregados nos parques de Orlando”, afirma.

Há no local áreas destinadas a crianças (Foto: Renata Fernandes/G1)

Há no local áreas destinadas a crianças (Foto: Renata Fernandes/G1)

Publicidade
Publicidade

mais lidas