Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Esportes

Com meia da Seleção, Flamengo apresenta equipe feminina para 2022

Publicado

em

Com meia da Seleção, Flamengo apresenta equipe feminina para 2022

Titular do Brasil na Olimpíada, Duda é um dos reforços do Rubro-Negro

O Flamengo apresentou nesta quinta-feira (20) a equipe que disputará as competições da temporada de 2022 do futebol feminino brasileiro. Ao todo, o Rubro-Negro anunciou nove caras novas. A meia-atacante Duda, de 26 anos, titular do Brasil na Olimpíada de Tóquio e que estava no São Paulo, é o principal reforço e foi uma das presentes na entrevista coletiva realizada pelo clube e transmitida pela FlaTV.Com meia da Seleção, Flamengo apresenta equipe feminina para 2022Com meia da Seleção, Flamengo apresenta equipe feminina para 2022

“Fico muito feliz de estar aqui e fazer parte do Flamengo. Estamos trabalhando muito e acho que é disso que o futebol feminino precisa, de trabalho, para alcançar os objetivos. Estamos no caminho certo e com grandes profissionais, que farão com que cheguemos no topo”, afirmou Duda.

Outra novidade é a atacante Maria Alves, que defendia o Palmeiras e passou também pela Juventus (Itália), onde recebeu da torcida o apelido de “Flash 2.0”, por conta da velocidade. A atleta de 28 anos, que já defendeu a seleção brasileira, revelou na coletiva que é torcedora do clube carioca.

“Além de ser meu clube do coração, acredito no projeto que está sendo feito e tenho certeza que será um grande ano. O Flamengo é grande, de história. Estar aqui é realizar um sonho”, disse Maria.

Além dela e de Duda, o Flamengo acertou as contratações das laterais Monalisa (ex-Ferroviária) e Gisseli (ex-Grêmio), das volantes Leidiane (ex-Ferroviária), Cris (ex-São Paulo) e Kika Brandino (ex-Grêmio) e das atacantes Gica (ex-São Paulo) e Anny Marabá (ex-Vasco). O Rubro-Negro manteve 18 atletas do time de 2021, entre elas a experiente atacante Darlene, de 32 anos, que também participou da coletiva.

“Temos grandes contratações, o Flamengo investiu bem e a tendência é só melhorar. Lutaremos para estarmos em todas as finais. Tenho certeza de que dará certo. Estou muito ansiosa para que [a temporada] comece logo”, comentou Darlene.

Estreia

A estreia do Flamengo na temporada 2022 será no dia 6 de fevereiro, contra o Esmac-PA, pela Supercopa do Brasil de Futebol Feminino. O local e o horário da partida ainda não foram definidos, mas as cariocas serão as mandantes pelo Rio de Janeiro estar melhor posicionado que o Pará no ranking de federações da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Em caso de empate, o confronto será definido nos pênaltis. O vencedor pega Grêmio ou Cruzeiro na semifinal.

Em 2022, o Rubro-Negro buscará o segundo título nacional da história no futebol feminino. O primeiro veio em 2016. De lá para cá, a equipe carioca foi às semifinais em 2018 e 2019, mas sequer foi às quartas de final nas duas últimas edições. No ano passado, o último compromisso foi a Ladies Cup, torneio amistoso realizado em Santana do Parnaíba (SP). O time flamenguista estreou vencendo o River Plate (Argentina) por 2 a 0, mas as derrotas para Palmeiras (0 a 1) e Santos (1 a 4) custaram um lugar na decisão. O evento marcou a estreia do técnico português Luís Andrade, contratado em dezembro.

“A gente vem trabalhando há alguns anos. Pode não ficar claro à torcida porque a opção do clube foi, primeiro, a questão estrutural. Organizamos o departamento de dentro para fora. Contratamos profissionais qualificados, estruturamos departamento médico e logística, fizemos estudo de mercado para sabermos onde investir e quando investir. Essa crescente [nos investimentos] se deu com o crescimento das competições, quando passamos a ter um calendário nacional bem definido”, justificou André Rocha, coordenador de futebol feminino do Flamengo, na coletiva.

Rocha disse que no ano passado foram contratados reforços como Darlene e a lateral Rayanne e aproveitadas atletas da base. “No fim do ano, pensando no investimento dentro de campo, trouxemos o Luís, que foi um estudo, não foi por acaso. Queríamos algo diferente para o momento que o clube estava passando. Nossa expectativa é figurar entre as maiores equipes do cenário nacional”, completou o dirigente.

.

.

.

.

AGÊNCIA BRASIL

mais lidas