Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Esportes

Com lesão de goleiro e apagão, Brasil perde para Alemanha e é eliminado no handebol masculino

Publicado

em

Com lesão de goleiro e apagão, Brasil perde para Alemanha e é eliminado no handebol masculino

 

O Brasil jogava por uma vitória para passar às quartas de final do handebol masculino, neste domingo pela manhã, mas apesar da luta, a seleção perdeu para a Alemanha por 29 a 25, encerrando sua participação nas Olimpíadas de Tóquio. O time esbarrou em lesão do seu goleiro titular, Ferrugem, em grande atuação do goleiro adversário e também em um apagão no fim do primeiro tempo.

Ferrugem é referência técnica do time e foi um dos destaques na campanha do Japão – que terminou com uma vitória e quatro derrotas, na quinta colocação do grupo A (passavam os quatro primeiros). Ele sentiu o joelho direito após tentar uma defesa aos 16 minutos do primeiro tempo. Ainda não há maiores informações sobre a gravidade da lesão.

Na partida, também pesou o apagão que o time teve no final da primeira etapa. O placar, que até então variava de liderança, foi para o intervalo com 16 a 12 para os alemães após sequência de erros brasileiros e boas intervenções do goleiro Bitter. A vantagem deixou os adversários em situação confortável para o restante do jogo.

O Brasil não era cotado para conseguir medalhas na modalidade, mas a eliminação na primeira fase frustra pelo fato de o time vir de sua melhor campanha olímpica na edição passada dos Jogos. No Rio, em 2016, os brasileiros terminaram em 7º lugar, caindo nas quartas de final para a França.

Primeiro tempo

 

A Alemanha começou na frente do placar, mas o jogo seguiu equilibrado no início, com duas viradas de placar de cada lado. Só que aos 16 minutos o Brasil sofreu uma perda grande: o goleiro Ferrugem, referência técnica da equipe, machucou o joelho direito ao tentar uma defesa e não suportou, tendo que ser substituído por Rangel. No lance, o gol alemão deixou o placar em 6 a 6.

O Brasil, a princípio, não sentiu a perda e abriu 9 a 7 no placar, mas deixou de aproveitar chances de ampliar o marcador. Uma, inclusive, demonstrou um pouco do nervosismo dos brasileiros, com Vinícius aparecendo na frente do goleiro adversário, Bitter, em contra-ataque sozinho, que foi desperdiçado com o jogador pisando na linha na hora da finalização.

Na fase final da etapa os brasileiros sofreram um apagão. Apesar de construir bem as jogadas, pararam em Bitter em pelo menos três oportunidades seguidas. Somado a alguns erros, a seleção foi para os vestiários perdendo por 16 a 12.

 

Ferrugem, goleiro do Brasil, se machuca em jogo contra a Alemanha  — Foto: REUTERS/Siphiwe Sibeko

Ferrugem, goleiro do Brasil, se machuca em jogo contra a Alemanha — Foto: REUTERS/Siphiwe Sibeko

 

Segundo tempo

 

O Brasil começou com gol de Dutra, mas a esperada reação inicial esbarrou em três grandes defesas consecutivas de Bitter. A Alemanha aproveitou para ampliar a já confortável vantagem no placar para 19 a 13, que depois chegou a 22 a 16.

A diferença, então flutuou entre quatro a seis pontos por boa parte do segundo tempo, até que esteve em sua diferença mínima – de três pontos, com o placar em 27 a 24, faltando quatro minutos para o fim. O pivô Rogério teve uma ótima chance de marcar e impulsionar uma reação final, mas esbarrou em Wolff, segundo goleiro alemão. No final, resultado de 29 a 25.

Brasil em jogo contra Alemanhha pelo handebol masculino nas Olimpíadas de Tóquio — Foto: Jonne Roriz/COB

Brasil em jogo contra Alemanhha pelo handebol masculino nas Olimpíadas de Tóquio — Foto: Jonne Roriz/COB

 

.

.

.

Fonte: Ge

 

mais lidas