Siga nossa Redes

Esportes

Com gol de novato, Corinthians vence Guarani e se mantém invicto no Paulistão

Redação SP

Publicado

em

Com gol de novato, Corinthians vence Guarani e se mantém invicto no Paulistão

Cauê, de 18 anos, marca no segundo tempo e garante vitória do Timão em mais um jogo abaixo da média; Bugre tem chances, acerta a trave com Régis, mas sai derrotado

Timão continua invicto

 

Corinthians não jogou bem (de novo) no retorno do Campeonato Paulista, mas contou com um gol do novato Cauê, centroavante de 18 anos, para vencer o Guarani por 1 a 0 na noite deste domingo, no Brinco de Ouro da Princesa, em jogo antecipado da 11ª rodada do torneio. Mesmo em mais uma jornada pouco inspirada, o Timão conseguiu se superar e encontrar o gol no segundo tempo, quando o Bugre era melhor na partida e tinha até acertado a trave – em chute do meia Régis, ex-Corinthians, estreante na equipe de Campinas. Ainda com muito a evoluir, a equipe de Vagner Mancini continua avançando e chegando perto da classificação às quartas de final do estadual. Assista aos melhores momentos do jogo em Campinas:

Como fica?

 

A vitória leva o Corinthians aos 14 pontos, ainda mais isolado na liderança do Grupo A do torneio. Já o Guarani continua com cinco pontos, em terceiro lugar no Grupo D.

Cauê mergulha para fazer gol da vitória do Corinthians

Cauê mergulha para fazer gol da vitória do Corinthians (Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians)

Abraço do mestre!

 

Aos 18 anos, Cauê fez seu primeiro jogo como titular do Corinthians – já havia estreado no profissional poucas semanas antes, no início do estadual. O centroavante teve poucas chances, mas aproveitou a melhor delas – conferindo a sobra de cruzamento de Léo Natel que acertou a trave e marcando seu primeiro gol como profissional. Do banco de reservas, Jô fez questão de abraçar o pupilo, que ganhou a vaga dele.

Cauê exalta vitória e primeiro gol pelo Corinthians

Cauê exalta vitória e primeiro gol pelo Corinthians

Quase lei do ex

 

Régis teve passagem de pouco destaque pelo Corinthians em 2019 e estreou pelo Guarani nesta noite. Fez boa partida, aproveitando espaços deixados no meio-campo corintiano, aparecendo na área e até acertando um chute na trave. Cansado, ele deixou o jogo na metade do segundo tempo – o Bugre caiu de produção e chegou a nove jogos de jejum em casa. A última vitória foi em 16 de dezembro, quando fez 1 a 0 no Confiança. De lá para cá, são quatro empates e cinco derrotas.

Bruno Sávio fala sobre a derrota do Guarani para o Corinthians

Bruno Sávio fala sobre a derrota do Guarani para o Corinthians

Primeiro tempo

 

Vagner Mancini sacou medalhões (Cazares, Otero, Jô…), escalou garotos (Vitinho, Cauê…) esperando intensidade e velocidade do Corinthians na volta do Paulistão. Não teve nada. Lento e arrastado na saída de bola, o Timão repetiu as deficiências de incontáveis jogos ao longo dos últimos meses – não conseguiu tabelas, não achou espaços na defesa do Guarani e, pior, deixou brechas para o rival gostar do jogo e atacar. Foi assim com o Bugre, que teve em Régis, estreante da noite e ex-Corinthians, seu nome mais perigoso. O meia atuou às costas dos volantes corintianos e chegou com perigo pelo menos três vezes – chegou a acertar lindo passe para Bruno Sávio, que, impedido, exigiu grande defesa de Cássio. Foram apenas quatro finalizações, todas do Timão, num jogo duro de se assistir no Brinco de Ouro.

Bruno Sávio chega para completar, mas manda para fora, aos 28 do 1ºT

Bruno Sávio chega para completar, mas manda para fora, aos 28 do 1ºT

Segundo tempo

 

O Corinthians voltou com Cantillo na vaga de Ramiro, mas o meio-campo continuou sem criatividade e sendo dominado pelo Guarani, que passou a jogar mais perto do gol do rival e criar chances. Cássio fez grande defesa em cabeçada de Índio, logo no início, e Régis, livre, continuou assustando – na melhor oportunidade, acertou chute na trave. No banco do Timão, Vagner Mancini tentou novas cartadas com Otero e Léo Natel, novamente sem sucesso. E o Guarani, depois de tanto insistir no ataque, acabou sofrendo o gol: Léo Natel cruzou da direita, a bola sobrou, subiu, e Cauê, oportunista, aproveitou para finalizar a gol. A emoção do garoto de 18 anos e o abraço dele em Jô foram o ponto alto do Corinthians, que venceu, disparou na liderança de seu grupo no Paulistão, mas continua devendo futebol.

Gol do Corinthians! Léo Natel cruza, Gabriel espalma, e Cauê completa, aos 27 do 2ºT

Gol do Corinthians! Léo Natel cruza, Gabriel espalma, e Cauê completa, aos 27 do 2ºT

Elenco do Corinthians antes de jogo contra o Guarani

Elenco do Corinthians antes de jogo contra o Guarani (Foto: Marcos Ribolli)

O que vem por aí?

 

Sem tempo para descansar, o Corinthians volta a campo na terça-feira para enfrentar a Ferroviária, às 20h (de Brasília), em Araraquara, em jogo antecipado da nona rodada do Paulistão. Pela mesma rodada, o Guarani visita o São Paulo na quarta-feira, às 21h30, no Morumbi.

.

.

.

Fonte: GE – Globo Esporte.

Publicidade
Publicidade

mais lidas