Dia a Dia Judiciário

Com Covid, denunciado por grilagem simula crise de hipertensão para deixar Papuda

Redação SP
Escrito por Redação SP

Com Covid, denunciado por grilagem simula crise de hipertensão para deixar Papuda


Por Coluna Eixo Capital/Por Ana Maria Campos/Correio Braziliense

 

Preso na Papuda, Adailton Maturino, investigado por grilagem em terras na Bahia na Operação Faroeste, irritou Og Fernandes e outros ministros da Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Maturino, que se fez passar por consul de Guiné Bissau, é acusado de envolvimento com uma organização denunciada por corrupção e lavagem de dinheiro relacionada à tentativa de se apossar de 366 mil hectares de terra no oeste da Bahia. Entre os denunciados, estão quatro desembargadores e três juízes do Tribunal de Justiça da Bahia.

Na Papuda, ele pegou covid-19 e simulou uma crise de hipertensão e de diabetes para convencer a Justiça a liberá-lo da prisão. Ministros do STJ não gostaram. Eles viram na manobra de Maturino, que tem entre seus advogados o ex-ministro da Justiça José Eduardo Cardozo, uma tentativa de desgastar Og Fernandes. No início da semana, o relator rejeitou pedido de transferência de Maturino da prisão para um hospital particular.

Reviravolta de Cardozo

Aborrecido com o episódio, Og Fernandes disse, em plena Corte Especial do STJ, que houve má fé na trama para soltar Adailton Maturino. No final de março, logo depois de assumir a defesa do suposto cônsul, José Eduardo Cardozo, chegou a falar em “reviravolta no caso”. Mas, por enquanto, ele continua preso e é um dos 480 infectados.

 

Sobre o autor

Redação SP

Redação SP

%d blogueiros gostam disto: