Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Esportes

CBF prepara representação contra árbitro do VAR, após cotovelada de Otamendi em Raphinha

Publicado

em

CBF prepara representação contra árbitro do VAR, após cotovelada de Otamendi em Raphinha

Dirigentes vão pedir afastamento de uruguaio de partidas da seleção brasileira

A CBF promete tomar providências depois do lance de Otamendi em Raphinha ter passado em branco no empate por 0 a 0 entre Argentina e Brasil, em San Juan, no estádio Bicentenário. O zagueiro argentino acertou cotovelada no brasileiro, que caiu, sangrou e levou cinco pontos na boca. Ainda assim, o VAR não consertou a marcação do árbitro, que nem falta deu na jogada.

A Conmebol costuma divulgar os áudios e vídeos dos lances no dia seguinte da partida. Mas depois do protesto de Tite na entrevista coletiva, a direção da Seleção prepara representação contra o uruguaio Esteban Ostojich. Ele era o responsável pelo VAR no duelo de San Juan. O árbitro da partida foi Andres Cunha, que recebeu elogios do treinador da seleção brasileira.

Árbitro Esteban Ostojich em ação em Palmeiras x River Plate: ele foi o responsável pelo VAR na partida entre Argentina e Brasil — Foto: Cesar Greco\Palmeiras

Árbitro Esteban Ostojich em ação em Palmeiras x River Plate: ele foi o responsável pelo VAR na partida entre Argentina e Brasil — Foto: Cesar Greco\Palmeiras

O coordenador da seleção principal masculina, Juninho Paulista, já pediu ao presidente em exercício da CBF, Ednaldo Rodriguezs, e ao vice-presidente Gustavo Feijó, que acompanha a Seleção, para afastar o árbitro de partidas do Brasil.

Curiosamente, ele esteve envolvido em outras duas partidas decisivas envolvendo as duas seleções. Com motivos de reclamações para cada um dos lados, em duelos recentes. Na final da Copa América de 2021, Ostojich apitou e, para muitos, segurou bastante a partida com muitas faltas marcadas na partida que terminou 1 a 0 para a Argentina – gol de Di María.

Em 2019, na semifinal da Copa América no Mineirão, ele apitou e provocou a ira dos argentinos e, principalmente, de Messi. Reclamaram de pênalti em Aguero e, no segundo gol do Brasil – marcado por Roberto Firmino -, pediram falta de Arthur em Otamendi, autor da cotovelada neste empate de San Juan. Nesta partida, houve apagão do VAR, causado pela visita do presidente da República do Brasil na tribuna do estádio de Belo Horizonte.

Argentina x Brasil – Melhores Momentos

O técnico Tite reclamou bastante do que considerou erro crasso da revisão de lance pelos profissionais do VAR, chefiados pelo árbitro uruguaio.

– É simplesmente impossível, vou repetir, é simplesmente impossível, não ver a cotovelada do Otamendi no Raphinha. Isso ia determinar no resultado? Não sei. Grande jogo entre os dois, mas tem um componente que tem que ser igual. Árbitro de alto nível de VAR não pode trabalhar desta forma, é inconcebível. Não é o termo que queria dizer, estou falando esse porque sou educado – disse Tite.

.

.

.

Globo Esporte

mais lidas