Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Dia a Dia

Carnaval: SPTuris autoriza início dos preparativos para desfiles das escolas de samba de SP no Anhembi

Publicado

em

Carnaval: SPTuris autoriza início dos preparativos para desfiles das escolas de samba de SP no Anhembi

O presidente da São Paulo Turismo (SPTuris) publicou nesta quarta-feira (15) no Diário Oficial uma autorização para que sejam iniciadas na cidade de São Paulo as medidas administrativas e preparativos para a realização dos desfiles das escolas de samba e das comemorações do carnaval no Sambódromo do Anhembi, em 2022.

No decreto, a SPTuris afirma, contudo, “que a realização do referido evento estará condicionada à verificação, no correspondente período, das condições epidemiológicas relativas à pandemia do Covid-19”.

“Para a realização deverão, também, ser cumpridos todos e quaisquer protocolos sanitários que se encontrem vigentes no correspondente período”, diz a publicação.

Documentos internos que o G1 teve acesso apontam que a SPTuris trabalha com a realização dos desfiles entre 25 de fevereiro e 5 de março, quando devem ocorrer as apresentações das escolas de samba e o desfile das campeãs.

Documento com o calendário de eventos da cidade de São Paulo para o final de 2021 e início de 2022. — Foto: Reprodução/SPTuris
Documento com o calendário de eventos da cidade de São Paulo para o final de 2021 e início de 2022. — Foto: Reprodução/SPTuris

No início de julho, o prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB), havia declarado que o avanço da vacinação contra a Covid-19 na capital paulista possibilitaria a realização do Réveillon e do Carnaval na cidade.

As duas festas foram canceladas pela gestão municipal em 2021 por conta da pandemia de coronavírus.

Com o recrudescimento da doença no país este ano e o avanço da variante delta no estado de SP, entretanto, o assunto seguia sem definição. Agora, voltou à pauta da gestão municipal com a publicação do decreto no Diário Oficial desta quarta (15).

Decreto de carnaval da SPTuris nesta quarta-feira, 15 de setembro de 2021 — Foto: Reprodução
Decreto de carnaval da SPTuris nesta quarta-feira, 15 de setembro de 2021 — Foto: Reprodução

Passaporte da vacina

 

A cidade de São Paulo começou a exigir em 1º de setembro, comprovante de vacinação contra a Covid-19 com pelo menos uma dose para a entrada em todos os eventos com público superior a 500 pessoas. O “passaporte da vacina” poderá ser apresentado por aplicativo de celular, chamado E-saúde, ou em formato físico .

O prefeito Ricardo Nunes (MDB) chegou a afirmar que o comprovante seria obrigatório para bares, restaurantes e shoppings. Após pressão do setor, no entanto, a gestão municipal voltou atrás e definiu que a medida será opcional para esses estabelecimentos.

De acordo com decreto publicado no Diário Oficial de sábado (28), a obrigatoriedade do comprovante valerá para shows, feiras, congressos e jogos. Para os demais estabelecimentos e setores, o passaporte será apenas “recomendado”.

Em caso de descumprimento, há previsão de interdição do local e multa que varia de acordo com o tamanho do estabelecimento. São as mesmas punições estabelecidas no início da pandemia pelo decreto nº 59.298, de 23 de março de 2020.

Embora os jogos constem no novo decreto da prefeitura, o estado de São Paulo ainda não liberou totalmente a presença de torcidas nos estádios.

Prefeito de São Paulo Ricardo Nunes (MDB) mostra aplicativo de 'passaporte da vacina', que ainda não tem data para ser lançado. ser lançado — Foto: Reprodução/Youtube
Prefeito de São Paulo Ricardo Nunes (MDB) mostra aplicativo de ‘passaporte da vacina’, que ainda não tem data para ser lançado. ser lançado — Foto: Reprodução/Youtube

O governador João Doria (PSDB) havia afirmado que isso só aconteceria depois de 1º de novembro, mas abriu exceção para o jogo entre Brasil e Argentina que acontecerá no próximo domingo (5).

A gestão estadual encerrou em 17 de setembro as restrições da quarentena de limite de horário e de público nos estabelecimentos e serviços. Mas a realização de shows com público em pé e eventos com aglomeração continuam proibidas pelas regras estaduais. O uso de máscara também continua obrigatório em todo o estado.

.

.

.

.

.

G1

mais lidas