Siga nossa Redes

Diário do Pet

Caiu um passarinho no meu quintal; o que fazer?

Redação

Publicado

em

Caiu um passarinho no meu quintal; o que fazer?

A bióloga Tabatha Mascarim dá algumas dicas sobre o que fazer para ajudar a pequena ave a se recuperar e voltar à natureza voando pela janela

Encontrar um passarinho caído em casa é algo relativamente comum, principalmente para quem mora em áreas mais arborizadas, contudo nem sempre a gente sabe o que fazer para ajudar na recuperação do animal. O Canal do Pet conversou com a bióloga e graduanda em medicina veterinária Tabatha Mascarim Oliveira dos Santos que traz algumas orientações sobre quais medidas tomar ao encontrar uma ave no seu quintal.

“Quando encontrar um filhote de passarinho, caído do ninho , o ideal é verificar se este não está machucado, se bate as asas, patinhas inteiras ou feridas aparentes. Caso esteja machucado, procure imediatamente o serviço médico veterinário”, explica Tabatha.

Procure em volta do local onde o passarinho foi encontrado, para ver se o ninho ainda está perto. Caso não consiga encontrar e seja necessário cuidar desse animal, saiba que precisará de tempo e muita disposição. “Coloque a ave em uma caixa de sapatos ou a mantenha aquecida (lâmpadas de aquecimento ou garrafas ou bolsas de água morna), compre e forneça apenas papinhas de qualidade, preparada de forma correta e limpa e água fresca. A forma de alimentá-los vai de acordo com a idade aproximada do animal e sua condição momentânea”, ensina.

Para identificar se há algum ferimento nas asas, como possíveis fraturas mais sérias, basta observar se elas estão caídas, com dificuldade de batê-las e, ao abri-las, pode ter alguma diferença. Caso perceba que a asa do pássaro realmente esteja de fato quebrada, não dê nenhum medicamento sem orientação, pois eles são sensíveis a remédios humanos.

É importante estar atento ao que não seja identificado à primeira vista, pois, pela altura da queda, a ave possa ter apenas machucados internos, como explica a bióloga ao Canal do Pet.

“Dependendo da altura da queda, talvez ele não tenha nada aparente, nenhuma asa quebrada, nenhuma pata quebrada, nenhum machucado visível, nada assim, mas tenha ferimentos internos. Então o passarinho até sobrevive um ou dois dias, mas depois morre de causa desconhecida. É muito comum isso acontecer.”

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

mais lidas