Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Saúde

Butantan está preparado para fornecer terceira dose da CoronaVac, diz Dimas Covas

Publicado

em

Butantan está preparado para fornecer terceira dose da CoronaVac, diz Dimas Covas

Governador João Doria disse que aplicação de terceira dose em idosos em SP será discutida em reunião do Programa Estadual de Imunização nesta quinta.

O diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, disse nesta quarta-feira (25), que o instituto está preparado para uma eventual necessidade de o país aplicar uma terceira dose da CoronaVac na população idosa.

“O Butantan está preparado para, sim, fornecer a terceira dose”, afirmou o diretor.

 

Segundo o diretor, o Instituto tem, além das doses que serão destinadas a finalizar o contrato de 54 milhões de doses da vacina ao Ministério da Saúde, mais 26 milhões em processamento.

Na avaliação de Dimas Covas, entretanto, uma nova imunização será necessária caso a variante Delta passe a prevalecer no país.

“Os casos no Brasil ainda continuam caindo, as internações caindo, e os óbitos mais ou menos estáveis nesta última semana. Se eventualmente vier a prevalecer a variante Delta, essa situação terá que ser enfrentada”, completou.

Um estudo conjunto realizado pelo Instituto do Coração (InCor) e a Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) recomendou a terceira dose de vacina contra a Covid-19 para indivíduos com 55 anos de idade ou mais que foram imunizados com CoronaVac. A dose de reforço também é defendida pela Anvisa.

O governador João Doria (PSDB) disse que a aplicação de uma terceira dose na população idosa do estado será tema da reunião do Programa Estadual de Imunização desta quinta-feira (26).

O secretário estadual da Saúde, Jean Gorinchteyn, defendeu a antecipação da medida.

“Não é o reforço, é a terceira dose. É isso que nós temos discutido no nosso comitê científico. Essa discussão já vem ocorrendo há várias semanas e temos que antecipar. Estamos fazendo isso no momento correto, mas lembrando que nós fazemos todas essas estratégias, nós precisamos vacinas, nós não podemos ter nenhuma dose de vacina sendo retida por ninguém e muito menos pelo próprio ministério da saúde”, afirmou o secretário.

Contrato Ministério da Saúde

Dimas Covas, o secretário estadual da Saúde e o governador de SP acompanharam nesta manhã a liberação de mais 4 milhões de doses da CoronaVac ao Programa Nacional de Imunização (PNI) do Ministério da Saúde. É a segunda remessa enviada pelo instituto nesta semana.

Com a entrega desse novo lote ao governo federal, o Butantan completa o repasse de 82,8 milhões de doses.

As vacinas enviadas nesta manhã fazem parte do segundo contrato firmado com o Ministério da Saúde, de 54 milhões de imunizantes. O primeiro, de 46 milhões, foi concluído em 12 de maio.

Estados e América Latina

Após o término do contrato com o governo federal, o Butantan estará apto a fazer entrega de vacinas para estados e municípios que queiram adquirir o imunizante para completar o seu programa de imunização.

O Instituto negocia com ao menos seis estados, além de países da América Latina. O contrato com o governo do Ceará é um dos que está na fase de finalização e já foi assinado.

.

.

.

G1

mais lidas