Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Saúde

Brasil tem quase 250 mil mortes por Covid desde março e diminui distância para os EUA

Publicado

em

Brasil tem quase 250 mil mortes por Covid desde março e diminui distância para os EUA

Enquanto o número de óbitos despenca nos EUA com o avanço da vacinação, Brasil e Índia veem a pandemia sair de controle e sofrem com variantes e poucos habitantes imunizados.

Com o avanço da vacinação nos Estados Unidos e a proliferação das variantes gama e delta no Brasil e na Índia, respectivamente, esses dois países se aproximam cada vez mais da nação que ainda lidera o ranking dos mais afetados pela pandemia.

Brasil se tornou neste sábado (19) o segundo país do mundo a superar as 500 mil mortes por Covid-19. Os EUA já passaram inclusive dos 600 mil óbitos, mas o número de novas vítimas tem despencado no país desde janeiro — ao contrário daqui.

Os EUA levaram 114 dias para registrar as últimas 100 mil vítimas da Covid-19, enquanto o Brasil precisou de 51 dias e a Índia, apenas 26 (e o gigante asiático deve passar dos 400 mil óbitos nos próximos dias).

Os 3 países com mais mortes por Covid

100 mil 200 mil 300 mil 400 mil 500 mil 600 mil
EUA 84 dias 121 dias 82 dias 35 dias 36 dias 114 dias
Brasil 144 dias 152 dias 76 dias 36 dias 51 dias
Índia 205 dias 207 dias 26 dias

No ritmo atual, o Brasil pode ultrapassar os EUA em número de mortes por Covid-19 em menos de três meses.

 

Isso porque, desde 1º de março, o Brasil acumulou mais de 242 mil vítimas da Covid-19 e os EUA, 85 mil (uma diferença de mais de 157 mil óbitos).

Se tamanha diferença se mantiver (mais de 2,2 mil mortes por dia aqui e menos 800 lá), alcançaremos os americanos no final de agosto ou começo de setembro.

Brasil diminui distância para os EUA

País Mortes em 1º de março Mortes em 18 de junho Diferença no período Crescimento no período Média de mortes no período
EUA 516 mil 601 mil 85 mil 16% 773 por dia
Brasil 256 mil 498 mil 242 mil 95% 2,2 mil por dia
Índia 157 mil 385 mil 228 mil 145% 2 mil por dia
Diferença entre EUA e Brasil 260 mil 103 mil -157 mil 1,4 mil por dia

Mudança nos EUA, descontrole no Brasil e na Índia

 

A mudança de governo e a aceleração da vacinação nos EUA fizeram as mortes por Covid-19 despencarem de um recorde diário de 4.475 em 12 de janeiro para 111 no domingo (13) no país, uma queda de 97,5% em apenas cinco meses.

Enquanto isso, Brasil Índia viram o número de óbitos explodir a partir de março e abril e ainda não conseguiram fazer a vacinação contra a Covid-19 ganhar tração (veja mais abaixo sobre a imunização).

Mais de 52% dos americanos já tomaram ao menos uma dose e 44% já estão completamente imunizados, números muito superiores ao de Brasil (28% e 11%, respectivamente) e Índia (15% e 3,5%). Com isso, e o país já relaxou a maioria das medidas de restrição, como o uso de máscaras ao ar livre.

Autoridades de saúde dos EUA autorizaram pessoas vacinadas a circularem sem máscaras devido ao avanço da vacinação contra a Covid-19 e a queda no número de casos e mortes — Foto: Brendan McDermid/Reuters

Autoridades de saúde dos EUA autorizaram pessoas vacinadas a circularem sem máscaras devido ao avanço da vacinação contra a Covid-19 e a queda no número de casos e mortes — Foto: Brendan McDermid/Reuters

Já a média de novos óbitos no Brasil saiu de 305 em 5 de novembro para um pico de 3.123 em 12 de abril, uma alta de 953% em pouco mais de 6 meses (veja no gráfico abaixo). Após uma queda em abril e maio, ela voltou a subir em junho e a passar dos 2 mil.

Atualmente, o país só não registra mais vítimas da Covid-19 por dia do que a Índia, que já bateu por duas vezes o recorde mundial de mortes registradas em 24 horas e está com uma média de novos óbitos de 2,5 mil atualmente.

Os EUA, por outro lado, estão com uma média de 312 mortes por dia, o mesmo patamar do final de março de 2020, no início da pandemia.

 

O número de novas vítimas é menor até do que o de nações com populações muito menores, como Colômbia (média de 590 óbitos por dia e 50 milhões de habitantes) e Argentina (média de 517 e 45 milhões). Os EUA têm mais que o triplo de habitantes do que os dois países juntos (331 milhões).

Novas mortes por dia

 

Média de novas mortes por Covid-19 no Brasil, na Índia, nos Estados Unidos e na Europa — Foto: Elcio Horiuchi/G1

Média de novas mortes por Covid-19 no Brasil, na Índia, nos Estados Unidos e na Europa — Foto: Elcio Horiuchi/G1

  • Brasil está, ininterruptamente, desde 8 de abril de 2020 entre os 10 países com as maiores médias de novas mortes. São 428 dias consecutivos.
  • Desde 19 de maio deste ano, Brasil tem uma média de novas mortes superior à de todos os 51 países da Europa juntos, que tem mais que o triplo da população brasileira (748 milhões contra 212 milhões).
  • Brasil tem, sozinho, uma média de novos óbitos superior à de todos os países de EuropaAmérica do NorteAmérica CentralCaribeÁfrica Oceania somados.

 

Mortes proporcionais à população

 

Em números absolutos, Brasil entrou no ranking dos 10 países com mais mortes por Covid-19 em 27 de abril de 2020 e não saiu mais (já são 400 dias consecutivos). E se tornou a segunda nação com mais vítimas em 10 de junho do mesmo ano (estamos há 374 dias seguidos atrás apenas dos EUA).

No ranking proporcional, que leva em consideração o tamanho da população, o Brasil é o 9º pior do mundo, atrás apenas de países pequenos (todos com 10 milhões de habitantes ou menos, exceto o Peru). San Marino, por exemplo, é o 5º da lista e tem apenas 34 mil moradores e 90 vítimas do vírus.

Mortes por Covid-19 em relação à população

País Mortes População Mortes por 1 milhão de habitantes
1. Peru 189 mil 33 milhões 5.755
2. Hungria 29,9 mil 9,6 milhões 3.100
3. Bósnia e Herzegovina 9,6 mil 3,3 milhões 2.934
4. República Tcheca 30,2 mil 10,7 milhões 2.825
5. San Marino 90 34 mil 2.651
6. Macedônia do Norte 5,4 mil 2,1 milhões 2.626
7. Bulgária 17,9 mil 7 milhões 2.587
8. Montenegro 1,6 mil 628 mil 2.553
9. Brasil 500 mil 212 milhões 2.333
10. Eslováquia 12,4 mil 5,4 milhões 2.282

Vacinação

 

Brasil é o 4º país que mais aplicou vacinas contra a Covid-19 do mundo em números absolutos (somando a primeira e a segunda doses), mas é apenas o 67º na vacinação proporcional (que considera o número de imunizantes administrados em relação à população).

São mais de 84 milhões de doses aplicadas no Brasil até o momento, o equivalente a 39 vacinas a cada 100 habitantes, o que nos coloca em um patamar similar ao de Tuvalu (40), Guiana (40), Argentina (38) e El Salvador (37) e um pouco acima da média mundial (32).

Nações com mais vacinas contra Covid-19 aplicadas

País Doses administradas População Doses por 100 habitantes
1. China 966 milhões 1,44 bilhão 67
2. EUA 315 milhões 331 milhões 94
3. Índia 263 milhões 1,38 bilhão 19
4. Brasil 84 milhões 212 milhões 39
5. Reino Unido 72 milhões 67 milhões 107
6. Alemanha 64 milhões 83 milhões 77
7. França 46 milhões 67 milhões 68
8. Itália 44 milhões 60 milhões 73
9. Turquia 39 milhões 84 milhões 46
10. México 38 milhões 128 milhões 30

Apesar de já ter administrado mais de 263 milhões de vacinas, a Índia tem uma situação ainda pior. São apenas 19 doses a cada 100 habitantes porque o país é o segundo mais populoso do mundo, com 1,38 bilhão de habitantes.

Mas a vacinação parece começar a engrenar nos dois países. O Brasil aplicou pela 1ª vez na quinta-feira (17) mais de 2 milhões de doses em um único dia, e a média de vaconas administradas na Índia voltou a passar de 3 milhões em junho, após quase 2 meses.

Entre as nações que são referência na vacinação contra a Covid-19 e viram o número de casos e mortes despencarem estão Israel (122 doses a cada 100 habitantes), Reino Unido (107) e EUA (94). Nesses países, diversas restrições para frear o contágio do coronavírus já foram retiradas.

Vacinação contra a Covid-19 proporcional à população

País Doses a cada 100 habitantes
1. Emirados Árabes Unidos 143,39
2. Seychelles 139,51
3. Malta 138,12
4. San Marino 128,68
5. Israel 122,92
6. Bahrein 112,68
7. Mongólia 109,45
8. Chile 109,15
9. Reino Unido 107,37
10. Islândia 104,08
11. Uruguai 99,50
12. Curaçao 99,44
13. Catar 99,14
14. Hungria 95,75
15. Estados Unidos 94,18
16. Maldivas 91,32
17. Mônaco 86,55
18. Chipre 83,17
19. Canadá 81,83
20. Cingapura 80,19
21. Bélgica 77,98
22. Alemanha 77,30
23. Lituânia 75,51
24. Holanda 75,45
25. Espanha 74,53
26. Áustria 73,96
27. Luxemburgo 73,57
28. Itália 73,49
29. Sérvia 72,83
30. Portugal 70,79
31. Liechtenstein 70,61
32. Suíça 70,40
33. Grécia 69,50
34. Nauru 68,65
35. França 68,47
36. Polônia 68,39
37. China 67,16
38. Finlândia 66,92
39. Andorra 66,15
40. Eslovênia 66,08
41. Suécia 66,06
42. Estônia 66,00
43. República Tcheca 65,54
44. Irlanda 65,18
45. Noruega 64,12
46. Butão 62,56
47. São Cristóvão e Neves 60,94
48. Antigua e Barbuda 60,84
49. República Dominicana 60,41
50. Eslováquia 57,99
51. Groenlândia 55,79
52. Dinamarca 55,26
53. Letônia 55,23
54. Croácia 54,06
55. Barbados 53,36
56. Dominica 52,75
57. Arábia Saudita 47,00
58. Marrocos 46,77
59. Peru 46,77
60. Romênia 44,87
61. Montenegro 43,03
62. Kuwait 42,62
63. Polinésia Francesa 42,50
64. Costa Rica 42,22
65. Tuvalu 40,47
66. Guiana 40,15
67. Brasil 39,57
68. Argentina 38,00
69. El Salvador 37,42
70. Cuba 36,06

.

.

.

Fontes: G1 – Globo.

mais lidas