Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Sem categoria

Botucatu confirma primeira morte por gripe H1N1 em 2018

Publicado

em

Botucatu confirma primeira morte por gripe H1N1 em 2018

Secretaria Municipal de Saúde de Botucatu (SP) confirmou nesta quinta-feira (21) junto ao Instituto Adolfo Lutz, os dois primeiros casos de gripe H1N1 em Botucatu, em 2018, e um deles evoluiu para morte.

No primeiro caso, um bebê de sete meses esteve internado no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu e teve alta. No segundo, um jovem de 19 anos também foi internado no HCFMB, mas não resistiu e morreu. A família já foi comunicada sobre o diagnóstico.

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe tem, desde a última segunda-feira (18) novos grupos alvos. Conforme determinação do Ministério da Saúde, crianças de 5 a 9 anos e adultos entre 50 e 59 anos também serão imunizados. A campanha termina nesta sexta-feira (22).

Os demais grupos de risco (idosos, gestantes, puérperas, doentes crônicos, professores, trabalhadores da saúde e crianças de seis meses a cinco anos) continuam recebendo as vacinas.

“Apenas 74,5% da população de risco se vacinou contra a gripe, número abaixo da meta estipulada pelo Ministério da Saúde, que é de 90%. A situação das crianças é a mais preocupante, com apenas 44% de cobertura entre 6 meses a 5 anos de idade. Nos demais grupos temos a seguinte cobertura: gestante com 68%; trabalhador de saúde com 72%; idosos com 86%. Nossos postos estão abastecidos para atender a todos, portanto é muito importante o comparecimento as unidades de saúde”, comenta André Spadaro, secretário Municipal de Saúde.

Em Botucatu, apenas professores e puérperas foram atingidos totalmente pela Campanha de Vacinação.

mais lidas