Destaque Principal Política

Bolsonaro minimiza onda de desmatamento e mantém Salles no cargo

Redação
Escrito por Redação

Países da União Europeia pressionam Bolsonaro para controlar a crise do desmatamento na Amazônia

O presidente Jair Bolsonaro (Sem partido) declarou na noite de ontem durante uma de suas lives semanais que as críticas feitas ao governo federal, por conta do aumento do desmatamento no Brasil, são parte de uma  “guerra da informação” e que a Amazônia não tem sofrido “esse trauma todo”.

O presidente também afirmou que não pretende demitir o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles , que vem sendo criticado por conduzir uma política antiambientalista e leniente com crime ambientais.

Essa guerra de informação não é fácil, nós temos problemas. Por quê? O Brasil é uma potência no agronegócio. Na Europa, lá é uma seita ambiental, eles não preservaram nada do meio ambiente, praticamente nada e quase não se ouve falar em reflorestamento. E o tempo todo atiram em cima de nós de forma injusta. Por quê? É uma briga comercial também”, disse o presidente.

 

 

 

iG

Sobre o autor

Redação

Redação

%d blogueiros gostam disto: