Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Sem categoria

Blocos de carnaval de SP fazem cortejo no Dia de Finados em homenagem às 600 mil vítimas da Covid-19 do Brasil: ‘Luto pela vida’

Publicado

em

Blocos de carnaval de SP fazem cortejo no Dia de Finados em homenagem às 600 mil vítimas da Covid-19 do Brasil: 'Luto pela vida'

‘Arrastão dos Blocos’ organiza manifestações políticas em um ‘carnaval fora de época’, com composições próprias, feitas de maneira coletiva, desde 2016. Pandemia está em desaceleração no país, mas Brasil mantém a marca de ser o que mais registrou vítimas da pandemia em 2021 no mundo.

Dezenas de blocos de carnaval se uniram em um cortejo pelas vias do Centro da cidade de São Paulo nesta terça-feira (2), Dia de Finados, para homenagear as mais de 600 mil vítimas da Covid-19 do Brasil.

O ato é realizado pelo grupo “Arrastão dos Blocos”, que desde 2016 organiza manifestações políticas em um “carnaval fora de época”, com composições próprias, feitas de maneira coletiva.

Para a manifestação desta terça, os blocos convidaram as pessoas a fortalecerem o ato com uso de máscara e a levarem instrumentos, fotos, velas, cartazes e mensagens em memória daqueles que se foram.

De acordo com a Polícia Militar, a concentração aconteceu por volta das 14h30 na Praça da Sé, e o grupo planejava uma passeata até a Câmara dos Vereadores.

Cortejo no Dia dos Finados — Foto: Maycom Mota/g1

Cortejo no Dia dos Finados — Foto: Maycom Mota/g1

O Brasil ultrapassou os 600 mil mortos pela Covid no momento em que a pandemia está em desaceleração no país. A média de mortes diárias está em 438, o menor número desde novembro do ano passado, e em queda.

Apesar do número de vítimas ter despencado, o Brasil ainda é o 3º país com a maior média diária de novas mortes, atrás apenas de Estados Unidos e Rússia.

O país também mantém a marca de ser o que mais registrou vítimas da pandemia em 2021 no mundo: já foram registradas 405 mil mortes por Covid-19 neste ano, mais do que Estados Unidos e Índia e quase o mesmo que todos os 27 países da União Europeia somados.

.
.
.
G1

mais lidas