Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Esportes

Bernardinho alega problemas pessoais e pede demissão da seleção francesa

Publicado

em

Governo enviou 300 servidores para ajudar em buscas no Amazonas

Bernardo Rezende não é mais o treinador da seleção francesa masculina. A Federação de vôlei do país comunicou na manhã desta terça-feira o desligamento do treinador, bicampeão olímpico e tricampeão mundial pelo Brasil. De acordo com um comunicado reproduzido no site da entidade, Bernardinho justificou que problemas pessoais o impossibilitaram de permanecer no cargo.

– É uma das decisões mais difíceis e dolorosas de toda a minha carreira. Estou muito triste porque amo esta seleção da França, o grupo, os jogadores, a equipe que construímos. Sou muito grato pela confiança que a federação me deu ao longo do ano. Agradeço novamente ao Presidente pelo apoio e compreensão. Recebi uma recepção incrível de todo o vôlei francês e tenho muita dor e frustração por não chegar ao fim do projeto que começamos a colocar em prática. Mas eu tenho que fazer essa escolha, não há outras escolhas possíveis para minha família, que continua sendo uma prioridade. Disse ao Presidente que estarei sempre disponível para ajudar a federação, os jogadores ou o meu sucessor. Desejo o maior sucesso a este grupo e ao vôlei francês – comunicou o treinador.

Bernardinho, no entanto, seguirá à frente do Sesc-Flamengo. A equipe carioca começa a disputa dos playoffs da Superliga Feminina nesta semana. O time faz o primeiro jogo contra o Osasco, seu maior rival, nesta sexta-feira, às 21h, em São Paulo.

Bernardinho não é mais o treinador da França — Foto: Divulgação/CEV

Bernardinho não é mais o treinador da França — Foto: Divulgação/CEV

Eric Tanguy, presidente da Federação, lamentou, mas agradeceu o trabalho e empenho efetuado por Bernardinho. O dirigente revelou que anunciará em breve o substituto.

 

 

mais lidas