Siga nossa Redes

São Paulo

Assessor de senador Major Olimpio internado com Covid deixa hospital após 35 dias: ‘Fiquei uma semana sem voz’

Redação SP

Publicado

em

Assessor de senador Major Olimpio internado com Covid deixa hospital após 35 dias: 'Fiquei uma semana sem voz'

Diego, de 33 anos, perdeu 15 quilos e teve 80% do pulmão comprometido. Ele diz que adoeceu junto com o senador, que morreu em decorrência do coronavírus em SP, e vai focar na recuperação da voz e da mobilidade.

Diego Freire, de 33 anos, um dos assessores do senador Major Olimpio (PSL), que morreu em São Paulo em março por complicações do coronavírus, teve alta nesta sexta-feira (9) de um hospital em Brasília, após 35 dias internado para tratamento da Covid-19.

O jornalista teve 80% do pulmão comprometido pela doença, perdeu 15 quilos e ficou mais de 15 dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) – parte desse período ficou intubado.

Ao G1, Diego contou que ainda sente muito o efeito da doença no corpo e da sedação, necessária para que pudesse ficar intubado. Fora do hospital, pretende recuperar completamente a voz – que perdeu parcialmente com a doença e o tratamento – e a mobilidade. Há dois dias ele deu os primeiros passos novamente.

“Tive que aprender até a engolir a comida e perdi a voz, fiquei uma semana sem voz. Agora irei fazer acompanhamento com fonoaudiólogo, para recuperar a voz, e fisioterapia, para voltar a ter mobilidade”, disse.

 

“Ainda me sinto fraco. Ainda tem muito sedativo no corpo, mas já ando devagarinho e em casa vou fazer acompanhamento”, afirmou ele. “E reviver”, acrescentou.

Ao deixar o hospital nesta manhã, Diego usou uma camiseta com uma foto em que está com o Major Olímpio, seu ex-chefe e amigo havia mais de três anos.

“Pegamos a doença juntos, mas, infelizmente, ele não resistiu. Foi minha singela homenagem a ele”, disse Diego, que agora pretende se engajar em projetos sociais.

 

O jornalista foi hospitalizado em Brasília no mesmo dia em que o senador começou o tratamento contra a doença em um hospital em São Paulo, 3 de março. A morte cerebral de Olimpio, de 58 anos, foi confirmada em 18 de março. O corpo do senador foi cremado em São Paulo.

Diego era assessor de imprensa de Olimpio e o acompanhava em viagens, eventos externos e também em atos no Congresso. Outros assessores e amigos próximos ao senador também contraíram a doença.

Nas redes sociais, antes da Covid, Diego sempre falava sobre sua viagem ao redor do mundo, feita antes de atuar como assessor parlamentar. Durante a pandemia, ele postou sempre fotos com máscara de proteção, assim como Olimpio, e defendeu uma atuação do governo contra as mortes por coronavírus.

Assessor de Major Olimpio falava sempre sobre as mortes por Covid nas redes sociais — Foto: Redes sociais/reprodução

Assessor de Major Olimpio falava sempre sobre as mortes por Covid nas redes sociais — Foto: Redes sociais/reprodução

Morte do senador

 

Sérgio Olimpio Gomes, conhecido como Major Olimpio, ficou internado no Hospital São Camilo, na capital paulista, e foi transferido para a UTI em 5 de março. Ele foi o terceiro senador vítima da Covid-19. Antes, morreram Arolde de Oliveira (PSD-RJ), aos 83 anos, em outubro do ano passado; e José Maranhão (MDB-PB), aos 87 anos, em 8 de fevereiro.

Natural de Presidente Venceslau, no interior de São Paulo, Olimpio completaria 59 anos dias depois de falecer, em 20 de março. Foi deputado federal por um mandato e deputado estadual em São Paulo por dois mandatos. Ele também foi vereador na capital paulista. Antes de se dedicar à carreira política, serviu como policial militar no estado de São Paulo por 29 anos.

Além de bacharel em ciências jurídicas e sociais, titulação obtida ao concluir da Academia do Barro Branco da Polícia Militar, exerceu as profissões de jornalista, professor de educação física e de técnica em defesa pessoal. Também foi instrutor de tiro.

Antes de ingressar no PSL, em março de 2018, o senador já havia passado por Partido Verde, PDT e Solidariedade. O senador deixou esposa e dois filhos.

O senador Major Olímpio (PSL) durante sessão do Senado Federal, em Brasília.  — Foto: Divulgação/Senado Federal

O senador Major Olímpio (PSL) durante sessão do Senado Federal, em Brasília. — Foto: Divulgação/Senado Federal

Nas redes sociais, políticos lamentam morte de Major Olimpio

 

.

.

.

Fonte: G1 – Globo.

mais lidas