Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Polícia

Assassino de taxista pega 14 anos de prisão

Publicado

em

Assassino de taxista pega 14 anos de prisão

Depois de quase dezoito anos do crime, o júri popular determinou a sentença. A defesa disse que vai recorrer da decisão

Justiça condenou nas últimas horas, José Lopes Almeida a 14 anos de prisão pelo envolvimento na morte do taxista Marcos Vinícius Rosolem, em 2001, no município de Cedral (SP).

O julgamento foi no fórum de Rio Preto (SP) e durou mais de 10 horas.

Depois de quase dezoito anos do crime, o júri popular determinou a sentença. A defesa disse que vai recorrer da decisão.

A pena inicial aplicada contra José Lopes de Almeida era de 12 anos de prisão, mas devido a agravantes cometidos no assassinato, a pena foi aumentada para 14 anos de prisão em regime fechado.

Apesar da condenação, o juiz da quinta vara criminal, Cristiano Mikhail, permitiu que o condenado recorresse à sentença em liberdade. Neste caso, José Lopes de Almeida só vai para a prisão se for condenado em segunda instância.

Relembrando o caso

O crime aconteceu no dia 14 de março de 2001. O taxista Marcos Vinícius Rosolem foi morto a tiros em um bairro de chácaras em Cedral (SP) depois de cair em uma emboscada, segundo o Ministério Público, armada por um colega de profissão.

De acordo com o processo criminal, José Lopes Almeida fingiu ser passageiro e chamou o taxista para uma corrida, quando chegaram ao destino, o outro envolvido no crime, Joaquim Conceição da Silva, matou Marcos Vinícius a tiros.

Dois anos após o crime, os dois chegaram a ser julgados e foram absolvidos, mas o Tribunal de Justiça anulou a sentença e determinou novo julgamento. A nova convocação do júri foi adiada cinco vez.

Com a demora no julgamento, o autor dos disparos, Joaquim Conceição da Silva, completou 70 anos e, por causa da idade, o processo contra ele foi extinto, como prevê o Código Penal.

 

mais lidas