Siga nossa Redes

Destaque

As voltas que a bola dá: reserva após Covid, João Paulo reassume gol do Santos na “hora H”

esportes

Publicado

em

As voltas que a bola dá: reserva após Covid, João Paulo reassume gol do Santos na "hora H"

Garoto chegou a ser titular após lesão de Vladimir, mas viu John crescer e ganhar a vaga

A história de João Paulo no Santos é repleta de expectativa e desilusões, passos atrás e surpresas. Nesta quarta-feira, contra o Boca Juniors, às 19h15 (de Brasília), na partida de volta da semifinal da Libertadores, o goleiro vai escrever mais um capítulo desse livro na Vila Belmiro.

João Paulo esperou por seis anos uma oportunidade como titular do Santos. Em agosto de 2020, uma lesão de Vladimir e as saídas de Everson e Vanderlei deram espaço para o goleiro formado nas categorias de base do Peixe.

E ele soube agarrar a oportunidade. Em 24 jogos, agradou ao técnico Cuca e mostrou para a torcida que estava preparado para se tornar titular do Santos. O que João Paulo não esperava era ser contaminado pelo novo coronavírus.

Enquanto se recuperava, viu o também prata da casa John se destacar contra Internacional, Athletico e LDU. Aos 24 anos, o substituto de João Paulo vivia situação parecida à do companheiro: esperava há temporadas por uma oportunidade. E soube agarrá-la.

Com João Paulo já recuperado, Cuca decidiu manter John como titular do Santos por causa das grandes atuações enquanto o antigo dono da posição se recuperava de Covid-19.

Aí, a bola resolveu dar mais uma volta, e o que John não esperava era o mesmo que foi surpresa para João Paulo lá atrás… O atual dono do gol do Santos foi contaminado pelo novo coronavírus e não estará na partida mais importante da temporada.

João Paulo entrou em cena mais uma vez. Na vitória por 1 a 0 sobre o rival São Paulo, foi eleito o melhor em campo, com ótimas defesas que evitaram o empate no clássico válido pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro.

– Fico feliz, fiquei fora de alguns jogos, mas não deixei de trabalhar, de treinar, é uma vitória importante para dar moral para quarta-feira. Fazia mais de um ano que não vencíamos um clássico, é importante vencer e vencer o líder do campeonato – disse o goleiro, após o clássico.

Agora, nesta quarta-feira, contra o Boca Juniors, João Paulo terá o jogo mais importante de sua carreira.

.

.

.

GE – Globo Esporte.

Publicidade

mais lidas