Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Esportes

Análise: Santos perde fôlego (e gols), volta a apresentar inconsistência e vê Z-4 assombrar

Publicado

em

Análise: Santos perde fôlego (e gols), volta a apresentar inconsistência e vê Z-4 assombrar

Peixe cedeu empate ao Vasco e se complica no Campeonato Brasileiro

Era o Santos vencer o Vasco na última quinta-feira, em jogo atrasado da terceira rodada do Campeonato Brasileiro, para saltar para a oitava posição, a sete pontos do G6, e sonhar ainda mais com uma vaga na próxima Libertadores.

O cenário estava perfeito até os 33 minutos do segundo tempo, quando Andrés Ríos empatou para os cariocas e deu uma ducha de água fria no Santos. Com o 1 a 1, o Peixe estacionou na 11ª colocação, com 33 pontos, e aumentou o jejum de três jogos sem vencer no Brasileirão.

O momento em baixa faz o Peixe perder o fôlego conquistado nas partidas anteriores a esssa sequência negativa e que o fez acreditar na briga pela Libertadores, e reviver a sombra da zona de rebaixamento.

Santos cede empate ao Vasco e vê zona de rebaixamento mais próxima — Foto: Marcos Ribolli

Santos cede empate ao Vasco e vê zona de rebaixamento mais próxima — Foto: Marcos Ribolli

Se até o duelo contra o Vasco o santista olhava para a parte de cima da tabela, agora deve voltar suas atenções para a parte de baixo. A vantagem para a Chapecoense, primeiro time do Z-4 , é de apenas cinco pontos. Já a diferença para o Atlético-MG, sexto colocado e primeiro clube que se classifica para a Libertadores, é de nove pontos.

– As duas coisas (G-6 e Z-4). Não vencemos os últimos três jogos: empatamos, perdemos e empatamos. Temos que olhar para baixo, sair dessa situação e se pensamos em Libertadores, temos que vencer domingo – disse Cuca em entrevista coletiva após o empate no Pacaembu.

E para sair dessa situação, como frizou o treinador santista, o Santos precisa, sobretudo, acertar a pontaria. Contra o Vasco, o Peixe pecou mais uma vez na finalização. O GloboEsporte.com, inclusive, fez um levantamento na última derrota santista dos principais gols perdidos pelos santistas.

Na partida da última quinta-feira, foram 11 finalizações, sendo oito chances reais de gols, de acordo com o scout da TV Globo. Um número muito alto para balançar a rede somente uma vez.

O outro ponto a ser trabalhado por Cuca é a inconsistência durante a partida. O próprio treinador disse na coletiva pós-jogo que viu dois tempos distintos no empate contra o Vasco.  A equipe santista parece uma montanha-russa: hora está no alto, em outra esta bem baixa.

A oscilação já tinha custado a derrota para o Cruzeiro, na última rodada do Brasileirão, quando saiu na frente e cedeu a virada. Já diante do Vasco, viu uma vitória que poderia ser fácil se tornar em um “resultado horrível”, como citou o lateral-direito Victor Ferraz.

É certo que Cuca pegou o time em uma situação delicada e arrumou detalhes importantes para a sequência do Brasileirão. Mas se ainda pensa em algo maior na competição, vai precisar daquele algo a mais, que talvez o tempo e a falta de regularidade não serão suficiente.

Santos segue inconsistente no Brasileirão — Foto: Marcos Ribolli

Santos segue inconsistente no Brasileirão — Foto: Marcos Ribolli

mais lidas