Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Sem categoria

Análise: reservas desperdiçam nova chance no Corinthians. Menos Pedrinho…

Publicado

em

Análise: reservas desperdiçam nova chance no Corinthians. Menos Pedrinho...

Quarteto que ganhou oportunidade contra o Patriotas não foi bem, sobretudo Clayton. Por outro lado, jovem meia-atacante se destaca, marca golaço e ganha pontos com Fábio Carille e a Fiel

Valeu a vitória, a classificação, a segunda maior série invicta da história do Corinthians e também a festa da Fiel, que, pela 13ª partida seguida, levou mais de 30 mil pessoas à arena. Mas o confronto diante do Patriotas, vencido por 2 a 0 pelo Timão, na última quarta-feira, ajudou pouco os reservas alvinegros que voltaram a ter chance de começar um jogo. Léo Príncipe, Marquinhos Gabriel, Kazim e, principalmente, Clayton não deixaram boas impressões.

Curiosamente, quem melhor aproveitou a oportunidade foi aquele que permaneceu menos tempo em campo. Em 30 minutos, Pedrinho arriscou dribles e tabelas, tentou chutar de fora da área e ainda conseguiu marcar o seu primeiro gol com a camisa alvinegra.

Antes de detalhar o desempenho de cada um é preciso fazer uma ressalva: a falta de entrosamento e ritmo de jogo atrapalhou, como era até previsível. Isso ficou evidente pelo alto número de passes errados do Timão diante dos colombianos: 45.

Diferentemente do que fez diante do Fluminense, o técnico Fábio Carille optou por escalar Giovanni Augusto centralizado, desempenhando a função de Rodriguinho, e não de Jadson. Assim, Marquinhos Gabriel ficou aberto pelo lado direito, e Clayton, na ponta esquerda.

Embora não tenha sido brilhante, Giovanni, mais uma vez, deu conta do recado. Em vários momentos, recuou para ajudar Gabriel e Maycon na transição ao ataque e também foi à área quando teve oportunidade. Seus companheiros de frente, contudo, estiveram muito apagados.

Giovanni Augusto ajudou no combate aos colombianos e ainda chegou à frente (Foto: Marcos Ribolli)

Giovanni Augusto ajudou no combate aos colombianos e ainda chegou à frente (Foto: Marcos Ribolli)

Marquinhos Gabriel até teve bons momentos, sobretudo no primeiro tempo, mas não o suficiente para mostrar a Carille e à Fiel que pode disputar com Giovanni a titularidade neste momento.

Já Clayton decepcionou ainda mais… Não dá para dizer que o atacante se omitiu. Ele correu bastante, disputou bolas, voltou para marcar… mas errou muito: passes (seis), finalizações (uma delas quase dentro da pequena área) e até um chutão na defesa, que acabou gerando escanteio ao time colombiano.

A situação do camisa 9 não é fácil. No Brasileiro, ele sofre não só com a concorrência de Romero, titular da posição, como também com a de Clayson, que não pode atuar na Sul-Americana. E ainda tem Pedrinho, capaz de atuar pelo mesmo setor… Clayton não jogava fazia quase um mês e é bem provável que demore a receber outra chance novamente.

Quarteto ofensivo do Corinthians diante do Patriotas (Foto: GloboEsporte.com)

Quarteto ofensivo do Corinthians diante do Patriotas (Foto: GloboEsporte.com)

Clayton, embora mal, ao menos participou do jogo. Mas o que dizer de Kazim? Com exceção de uma tentativa de bicicleta, o “Gringo da Favela” quase não apareceu. O centroavante tentou desempenhar papel tático, abrindo espaços, fazendo pivô e até saindo da área para tentar triangulações. O esforço acabou sendo reconhecido pela torcida, que aplaudiu o camisa 18 no momento de sua substituição, mas foi muito pouco para quem tem 20 atuações e só dois gols pelo Timão (o último, marcado sobre o Osasco Audax, em 18 de fevereiro).

Kazim não aproveitou a chance recebida diante do Patriotas (Foto: Marcos Ribolli)

Kazim não aproveitou a chance recebida diante do Patriotas (Foto: Marcos Ribolli)

Léo Príncipe, por sua vez, foi discreto, mas não comprometeu. Embora não tenha a mesma noção de cobertura e a qualidade no apoio de Fagner, o lateral mostra evolução e potencial para substituir o titular do setor quando este estiver com a Seleção.

Não resta dúvidas de que ninguém saiu mais fortalecido de Itaquera na noite da última quarta do que Pedrinho. O garoto ganha ainda mais fama de talismã com a Fiel torcida e mostra a Carille que tem estrela e recursos para decidir jogos. Quando ganhar condicionamento físico, pode se firmar como o 12º jogador desta equipe.

mais lidas