Siga nossa Redes

Destaque

Agência Mundial Antidoping pede explicações ao CAS sobre exclusão da Rússia por apenas dois anos

esportes

Publicado

em

Agência Mundial Antidoping pede explicações ao CAS sobre exclusão da Rússia por apenas dois anos

O dia 17 de dezembro do ano passado ficou marcado pela oficialização da exclusão da Rússia por dois anos de qualquer Campeonato Mundial ou Olimpíada. Apesar da punição ter parecido forte, até os próprios dirigentes russos, envolvidos em escândalos de doping há anos, comemoraram o resultado do julgamento, acreditando que a pena tinha sido branda. Isso aconteceu pois, na ocasião, a Wada (Agência Mundial antidoping) tinha pedido a exclusão por quatro anos da nação.

Nesta quinta-feira, a Wada pediu explicações para o painel da Corte Arbitral do Esporte (CAS), última instância esportiva, sobre o porquê reduziu significativamente as sanções que haviam sido impostas. A WADA impôs um pacote de punições de quatro anos à Rússia em dezembro de 2018, depois que descobriu que dados do Laboratório de Moscou haviam sido adulterados e manipulados, mas o CAS reduziu a pena pela metade em resultado de julgamento divulgado em dezembro de 2020.

Bandeira Rússia Olimpíada — Foto: Jim Young / Reuters

Bandeira Rússia Olimpíada — Foto: Jim Young / Reuters

O painel decidiu que apenas os atletas russos que atenderem a certos critérios poderão competir como neutros em eventos como os Jogos Olímpicos de verão de Tóquio, em 2021, e os de inverno, em Pequim 2022.

A WADA argumentou que a Rússia se envolveu em uma “tentativa cínica e sofisticada de manipular e deletar dados analíticos para prevenir a identificação e processo de atletas dopados” e que “lidar apropriadamente com tal conduta imprópria é essencial para a integridade do esporte”.

Pela punição imposta pelo CAS, a Rússia, como nação, não poderá disputar as competições nos próximos dois anos, mas atletas que se provarem limpos de doping, ou seja, sem histórico de envolvimento com os escândalos, podem ser inscritos nos eventos. Desde que não representem a bandeira russa, e sim uma espécie de equipe neutra.

 

.

.

.

GE – Globo Esporte.

Publicidade

mais lidas