Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Sem categoria

Advogado de Chapo diz que cartel de Sinaloa subornou presidentes do México

Publicado

em

Advogado de Chapo diz que cartel de Sinaloa subornou presidentes do México

Enrique Peña Nieto e Felipe Calderón negaram ter recebido propina. Defesa afirma que El Chapo não é o verdadeiro líder do cartel.

O advogado do traficante mexicano Joaquín “El Chapo” Guzmán afirmou na terça-feira (13) que o Cartel de Sinaloa pagou subornos milionários ao atual presidente do México, Enrique Peña Nieto, e a seu antecessor, Felipe Calderón. Ele também defendeu a tese de que o verdadeiro líder da quadrilha está foragido.

Jeffrey Lichtman, defensor de El Chapo, declarou ao júri que o líder do Cartel de Sinaloa é Ismael “Mayo” Zambada, que jamais passou um dia na prisão e segue foragido. Ele estaria em liberdade, segundo o advogado, graças às propinas que chegaram até o círculo mais alto do poder no México, a Peña Nieto e Calderón.

“A verdade é que El Chapo não controlava nada, e sim Mayo Zambada. Ele pode determinar quem será preso e quem a Polícia e o Exército devem matar”, afirmou Lichtman.

Imagem de arquivo mostra traficante mexicano 'El Chapo' escoltado no aeroporto de Long Island, nos EUA, após ter sido deportado  — Foto: Reuters

Imagem de arquivo mostra traficante mexicano ‘El Chapo’ escoltado no aeroporto de Long Island, nos EUA, após ter sido deportado — Foto: Reuters

O advogado destacou que nos últimos dois anos, desde que El Chapo foi extraditado para os Estados Unidos, o fluxo de drogas não foi interrompido. “O negócio continua como sempre”, afirmou.

O defensor afirma que as testemunhas da Promotoria de Nova York não têm credibilidade, por serem criminosos que negociaram para depor em troca de reduções de pena e para obter vistos americanos. “Meu cliente é um troféu desejado por muito tempo pelo governo dos EUA”, ressaltou.

“El Chapo”, apontado como líder do maior cartel de drogas do planeta, é acusado de enviar cerca de 155 toneladas de cocaína aos Estados Unidos durante 25 anos.

O narcotraficante se diz inocente das 11 acusações que pesam contra ele que, além do tráfico de drogas, incluem contrabando de armas e lavagem de dinheiro. Ele pode ser condenado à prisão perpétua.

Reações

O gabinete de Peña Nieto rechaçou as declarações do advogado de El Chapo. “O governo de Enrique Peña Nieto perseguiu, capturou e extraditou o criminoso Joaquín Guzmán Loera. As afirmações atribuídas ao seu advogado são completamente falsas e difamatórias”, afirmou o porta-voz da presidência mexicana, Eduardo Sanchez, no Twitter.

Eduardo Sánchez H.

El gobierno de @EPN persiguió, capturó y extraditó al criminal Joaquín Guzmán Loera. Las afirmaciones atribuidas a su abogado son completamente falsas y difamatorias

Felipe Calderón reagiu imediatamente às acusações afirmando que as declarações do advogado “são absolutamente falsas e temerárias”.

“Nem ele [El Chapo], nem o Cartel de Sinaloa ou qualquer outro realizou pagamentos para minha pessoa”, escreveu Calderón, no Twitter.

Felipe Calderón

Beijo para a mulher

El Chapo participa do julgamento, que pode demorar meses. Após entrar no tribunal do Brooklyn, em Nova York, com o rosto sereno, ele jogou um beijo para sua mulher, Emma Coronel, de 29 anos, que estava sentada entre o público. Ele ouviu os argumentos de forma tranquila, com a ajuda de uma tradutora.

Emma Coronel, no centro, a esposa de Joaquín "El Chapo" Guzmán deixa o tribunal federal do Brooklyn, em Nova York  — Foto: Mary Altaffer/ AP

Emma Coronel, no centro, a esposa de Joaquín “El Chapo” Guzmán deixa o tribunal federal do Brooklyn, em Nova York — Foto: Mary Altaffer/ AP

No início do julgamento, o promotor Adam Fels explicou como El Chapo, que começou com um modesto esquema de venda de maconha, se tornou um poderoso chefe do tráfico.

Ele afirmou que o traficante conseguiu montar um exército de capangas que eliminavam seus concorrentes e eventuais traidores da sua organização criminosa. “Dinheiro, drogas e assassinatos. É disso que esse caso se trata”, afirmou Fels, segundo a Deutsche Welle.

Adam Fels afirmou que apresentará documentos, fotos de carregamentos de drogas apreendidos, mensagens de texto e até um vídeo onde El Chapo aparece interrogando rivais do cartel de Sinaloa e depois ordena que fossem mortos.

mais lidas