Destaque Principal Polícia

Adélio Bispo diz que já protestou contra o PT e tentou se filiar à direita

Redação
Escrito por Redação

Em meio à guerra das vacinas, que passa pela Anvisa, o presidente Jair Bolsonaro encaminhou ao Senado a indicação de um militar para ocupar a diretoria da agência reguladora

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) indicou o  militar  Jorge Luiz Kormann, que é tenente-coronel do Exército, para ocupar um cargo na diretoria da Anvisa  (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). O nome será analisado pelo Senado.

A indicação foi divulgada pelo Diário Oficial da União (DOU). Kormann integra a equipe do ministro Eduardo Pazuello na pasta da Saúde , onde exerce a função de secretário executivo adjunto.

O militar precisa ser aprovado por uma comissão e pelo plenário de Senado para exercer as atividades na Anvisa. Caso seja aprovado, Kormann assume a vaga deixada pela farmacêutica Alessandra Bastos Soares, em 19 de dezembro de 2020. Antes do militar um outro nome havia sido indicado.

No mês passado, quatro indicações de Bolsonaro para a Anvisa foram aprovadas pelo Senado Federal.

.

.

.

iG

Sobre o autor

Redação

Redação

%d blogueiros gostam disto: