Siga nossa Redes
xvideos4.pro julia jerez de garcia salinas.
ngentot pagkantot sa magandang kapitbahay.
www.hotdesimovs.com blowjobs and pussy play.

Saúde

77 mil crianças podem tomar a 2ª dose contra Covid na cidade de São Paulo neste sábado

Publicado

em

Governo enviou 300 servidores para ajudar em buscas no Amazonas

A cidade de São Paulo tem 77 mil crianças entre 6 e 11 anos que já podem retornar aos postos de vacinação contra Covid-19 para receber a 2ª dose de CoronaVac a partir deste sábado (19), segundo dados da Secretaria Municipal da Saúde (SMS).

O imunizante produzido pelo Instituto Butantan começou a ser aplicado no público infantil da capital paulista em 22 de janeiro. Quem foi imunizado nesta data está completando o intervalo obrigatório de 28 dias entre as doses de CoronaVac neste sábado. (veja abaixo onde vacinar as crianças e quais documentos levar)

Apesar do imunizante do Butantan que é aplicado nas crianças de 6 a 11 anos ser o mesmo que o dos adultos – mesma dose também –, a SMS determinou que o intervalo entre D1 (primeira dose) e D2 (segunda dose) deve ser de 28 dias ou quatro semanas, no caso dos mais novos. Para os adultos, o período de espera segue de 15 dias ou duas semanas.

No caso de quem recebeu a primeira dose do imunizante da pediátrico da Pfizer, como crianças de 5 anos ou imunossuprimidas, o intervalo que deve ser aguardado para o recebimento da segunda dose é de 56 dias ou oito semanas.

‘Semana E’ de vacinação

 

Também neste sábado tem início a ‘Semana E’ de vacinação contra Covid-19, uma proposta da Secretaria Estadual da Saúde que tem como objetivo acelerar a imunização do público infantil e aplicar segundas doses nos adolescentes que não retornaram aos postos para completar o esquema vacinal básico contra a doença, os chamados “faltosos”.

A ideia da gestão estadual é montar tendas em escolas estaduais, municipais e, se possível, em particulares, de 19 a 25 de fevereiro, para realizar o processo. Porém, como as equipes que realizam a vacinação são das Secretarias Municipais, cabe às cidades definirem como essa ‘Semana E’ ocorrerá.

Na capital paulista, a Secretaria Municipal da Saúde decidiu que a campanha começará somente na segunda-feira (21) e apenas em escolas municipais.

“As nossas UBSs já estão preparadas para poderem fazer sua vacinação nas escolas dentro dessa campanha”, disse o prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB), na última quinta-feira (17). Ele afirmou ainda que a campanha nas escolas não corre o risco de provocar desabastecimento de insumos e profissionais de saúde nas UBSs e postos de vacinação da cidade.

Vacinação na capital

 

Neste sábado, estão em funcionamento na capital paulista as UBSs Polos, das 8h às 17h, e as AMAs/UBSs Integradas, das 8h às 19h. No domingo (20), a vacinação infantil estará suspensa, retornando normalmente na segunda-feira (21), junto à ‘Semana E’.

As crianças devem estar acompanhadas de um responsável maior de 18 anos no momento da vacinação, apresentar documento de identificação, carteirinha de vacinação (para receber a segunda dose) e comprovante de residência.

Segundo o vacinômetro da Prefeitura de São Paulo, na sexta-feira (18), 72,9% das crianças entre 5 e 11 anos da capital já haviam sido imunizadas contra a Covid-19.

.

 

.

 

.

G1

mais lidas