Siga nossa Redes

Artigos

Daniela Seibel: A Prefeitura de São Paulo e seu distanciamento das associações de moradores

colunistas

Publicado

em

Daniela Seibel: A Prefeitura de São Paulo e seu distanciamento das associações de moradores

A Prefeitura de São Paulo e seu distanciamento das associações de moradores

Daniela Cerri Seibel

A Prefeitura da Cidade de São Paulo adotou a posição de ignorar a AME JARDINS, associação que representa os interesses dos moradores dos Jardins América, Europa, Paulista e Paulistano, uma das mais atuantes nas questões de urbanismo e meio ambiente. Sempre que é necessário um retorno ou iniciativa mais urgente já podemos nos preparar para uma longa espera. 

Exemplo mais gritante é o do secretário do Verde e Meio Ambiente, Eduardo de Castro, que nos recebeu em seu gabinete somente no primeiro semestre de 2019, passando a nos ignorar completamente. São dezenas de telefonemas, e-mails, ofícios e pedidos de reunião sem nenhuma, absolutamente nenhuma, resposta. Como um dos bairros mais verdes da maior cidade do país, temos muito a conversar com o senhor Castro, que foi mantido no cargo após a vitória do Prefeito Bruno Covas nas eleições municipais do ano passado. 

Questionamos, em maio de 2018, a retirada de árvores em um terreno na esquina da Rua Chile com a Avenida Nove de Julho, região tombada. Também questionamos em 2020 se foi efetivamente aplicada uma multa à Crefisa, empresa proprietária de vários imóveis onde foram removidas, sem qualquer autorização, diversos exemplares arbóreos. Nenhum retorno.

Em maio de 2019, solicitamos revisão de ciclos de dois helipontos na Avenida Brig. Faria Lima. Para tanto, o secretário Eduardo de Castro solicitou-nos estudo de ruído na região. Moradores patrocinaram o laudo, que foi protocolado no gabinete da Secretaria do Verde e Meio Ambiente, como nos foi solicitado. Nenhuma manifestação sobre o assunto recebemos. 

Outro caso levado ao secretário foi o da emissão de fumaça, sem aparentemente qualquer tratamento, por uma churrascaria instalada em uma zona predominantemente residencial. Solicitamos análise técnica e emissão de parecer. Desde 2019, nenhuma resposta conclusiva.

Outra demanda levada ao secretário Castro em 2019 foi sobre o heliponto Quadra Hungria, na Marginal do Rio Pinheiros. Sem estudo de impacto de vizinhança, uma vez que lindeiro a uma zona exclusivamente residencial, o heliponto operava sem licenças municipais. Pleiteamos intervenção da Secretaria do Verde e Meio Ambiente e nada obtivemos de concreto. Levamos o assunto à Subprefeitura de Pinheiros e somente há algumas semanas, já em 2021, o heliponto foi interditado, mas ainda não há qualquer manifestação da pasta do senhor Eduardo de Castro sobre o caso.

A AME JARDINS tem contato com diversas outras associações de moradores. Praticamente é unânime as reclamações sobre a condução da Secretaria do Verde e Meio Ambiente. Especialmente em bairros bastante arborizados e que sofrem ainda mais com essa inoperância.

A AME JARDINS tem procurado nos últimos anos colaborar com o poder público municipal em diversas frentes, desde questões ligadas à zeladoria urbana, passando pela preservação ambiental e chegando até a ações voltadas para segurança pública. Sempre nosmostramos dispostos a contribuir ao máximo com ações a beneficiar os Jardins e a cidade de São Paulo. 

Firmamos, desde 2010, diversos termos de cooperação, viabilizamos reformas de áreas verdes, executamos rotatórias verdes, implantamos um servidor para receber imagens de câmeras de monitoramento dentro do Programa City Câmeras, doamos, por conta da pandemia, equipamentos de proteção individual para servidores da Subprefeitura de Pinheiros, Guarda Civil Metropolitana e CET, enfim, são exemplos de como buscamos auxiliar a Prefeitura. Cremos que não deva ser essa a postura da municipalidade com qualquer entidade representativa de moradores, especialmente aquelas que procuram diuturnamente contribuir para uma cidade melhor. Que possamos ser mais ouvidos e, principalmente, atendidos!

Daniela Cerri Seibel é presidente da AME Jardins, associação de moradores do bairro dos Jardins

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

mais lidas