Siga nossa Redes

Esportes

Edna Murad assume presidência na sexta e destaca o papel das mulheres no Corinthians

esportes

Publicado

em

Edna Murad assume presidência na sexta e destaca o papel das mulheres no Corinthians

Vice ficará no cargo no último mês da gestão Andrés Sanchez, que seguirá no dia a dia do CT

O Corinthians terá novamente uma mulher na cadeira da presidência entre sexta-feira, dia 11 de dezembro, e 3 de janeiro, véspera da transmissão de posse para a gestão Duilio Monteiro Alves.

Primeira vice do clube, Edna Murad ficará no cargo máximo por 24 dias corridos. No ano passado, ela chegou a ocupar o lugar quando Andrés Sanchez foi internado. Desta vez, ela sentirá o gostinho de encarar as burocracias do clube por mais tempo.

Antes dela, o advogado Alexandre Husni também ficou por algumas semanas no cargo, mas acabou contraindo Covid-19 e foi internado em São Paulo. Ele vem tendo uma boa melhora em seu quadro.

– Ficarei neste finalzinho de gestão cumprindo as demandas que surgem. Foi uma gentileza do Andrés Sanchez com seus vices, uma homenagem para nós que estivemos do lado dele nestes três anos de gestão – disse ela, ao ge.

Andrés, mesmo licenciado, seguirá sua rotina muito presente no CT Joaquim Grava, onde acompanha o elenco e a comissão técnica de perto.

Com 59 anos e cinco netos, a professora aposentada Edna Murad festeja a oportunidade e diz esperar que sua presença na política do clube incentive muitas outras mulheres. Dos 200 novos conselheiros que foram eleitos no pleito de 28 de novembro, apenas nove são mulheres.

O Corinthians já teve Marlene Matheus como presidente no início da década de 1990.

– Minha presença nesta gestão pode fazer com que mais mulheres queiram participar da vida política. Todos os cargos precisam aumentar a representatividade feminina, mas isso vai acontecer aos poucos. São várias as mulheres no clube que querem fazer a diferença. Hoje, o público feminino na Neo Química Arena já é superior ao masculino. Mulher gosta de futebol, gosta de esporte, vimos muitas praticando esportes diversos no clube, como futebol associativo e até bocha – afirmou.

Edna Murad frequenta o Corinthians há mais de 40 anos e ingressou na política alvinegra em 2006. Ela integrou a chapa “Renovação e Transparência”, liderada por Andrés Sanchez, e foi eleita conselheira do Timão três vezes. A chapinha dela, “Aqui é Corinthians”, não foi eleita no último pleito.

Edna afirma que, diferentemente de outros vices figurativos, ela foi muito atuante nos três anos de gestão dentro do Parque São Jorge, fazendo presença nos eventos, sugerindo novos projetos e melhorando o dia a dia do associado. Algo que pode ter sido importante na eleição de Duílio.

– Estive todos os dias no clube, aproveitei a oportunidade que me foi dada para atuar e participar de tudo, para não ser uma vice figurativa, que fica apenas dando tchauzinho. Inauguramos uma brinquedoteca, construímos uma pista de skate num evento que contou com a presença do Tony Hawk, criamos um departamento de esportes radicais, adquirimos um carrinho móvel para facilitar a mobilidade do sócio idoso. Parecem coisas mínimas, mas para o associado fez muita diferença.

Eleito para o triênio 2021/22/23, Duílio Monteiro Alves tem como vices Eli Werdo e Wagner Alcântara.

.

.

.

GE – Globo Esporte.

Publicidade

mais lidas